Tribunais de Contas e STF trabalham para destravar obras paradas

A Atricon (Associação dos Membros dos Tribunais de Contas do Brasil) e o CNPTC (Conselho Nacional dos Presidentes dos Tribunais de Contas), representados pelo presidente do Tribunal de Contas dos Municípios do Estado de Goiás (TCMGO) conselheiro Joaquim de Castro,  estiveram na tarde desta quinta-feira (12.12) no CNJ (Conselho Nacional de Justiça), atendendo a um convite do atual Presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Ministro Dias Toffoli.

O encontro aconteceu em Brasília e teve como tema o prosseguimento à discussão sobre a estratégia nacional para retomada de obras paradas.

Em junho deste ano a Atricon divulgou o Diagnóstico de Grandes Obras Suspensas e Paralisadas, com dados da situação em todo o País. Desde então, diversas instituições e segmentos organizados da sociedade- como a Atricon, o CNPTC e os tribunais de contas –  têm se mobilizado para que as obras sejam retomadas e beneficiem toda a sociedade, especialmente as parcelas mais carentes e vulneráveis.