Presidentes dos TCs manifestam apoio à reeleição de Fábio Túlio Nogueira e Ivan Bonilha à frente da Atricon e do IRB


Nesta segunda-feira, 26 de agosto, os membros do CNPTC (Conselho Nacional dos Presidentes dos Tribunais de Contas) decidiram, por aclamação, que os conselheiros Ivan Bonilha (TCE-PR) e Fábio Nogueira (TCE-PB) devem ser reconduzidos, na próxima eleição, às presidências do Instituto Rui Barbosa (IRB) e da Associação dos Membros dos Tribunais de Contas do Brasil (Atricon), respectivamente.


A decisão aconteceu durante a realização da 3ª Reunião Ordinária da CNPTC, no Tribunal de Contas do Município de São Paulo (TCMSP).
O presidente do CNPTC, Conselheiro Edilson de Sousa Silva (TCE-RO), destaca a naturalidade da decisão de apoio a recondução “ diante do bom trabalho que eles vêm realizando a frente de suas instituições” e acredita que os próximos anos serão de consolidação das ações conjuntas e coordenadas já em andamento. Ele acrescenta que a Associação Brasileira dos Tribunais de Contas dos Municípios (Abracom) também apoia a atuação do IRB e da Atribon e a recondução de seus atuais presidentes.


Para o presidente do Tribunal de Contas dos Municípios do Estado de Goiás (TCMGO) e vice-presidente do CNPTC, conselheiro Joaquim de Castro, o sistema tribunal de contas ganha muito com a dedicação e a capacidade de Ivan Bonilha e Fábio Nogueira, dada “ a competência e o poder de aglutinação que ambos tem”, valoriza.


O Conselheiro Severiano Costandrade (TCE-TO) diz que os dois líderes são inteiramente capazes de fortalecer as instituições e o trabalho que vem sendo realizado. “O momento é de continuidade”.
Bonilha e Nogueira serão formalmente reconduzidos aos cargos em novembro próximo, por ocasião da realização do 1º Congresso Internacional de Tribunais de Contas. Até lá ambos terão liberdade para compor chapas.